À flor da pele para o início do novo ciclo

 

Final de ano é sempre um período de muitas repercussões emocionais. Remete-nos ao fim de um tempo percorrido, inspira nossos afetos fraternos, nos coloca frente à ideia de recomeço e reorganização de projetos. Se até então passamos intactos pelos meses anteriores, neste, a sensibilidade fica à flor da pele.

 

Não é à toa que, nos consultórios de Psicologia e Psicanálise, a demanda por escuta e acolhimento aumenta. Tal fato se deve a vários fatores importantes. É em dezembro que recaem os grandes impactos sobre as responsabilidades vividas nos meses anteriores. Muito do que foi vivido acaba sendo intensamente revisado e a ansiedade por resoluções imediatas acaba por aumentar ainda mais o sofrimento.

 

Outro fator se deve à própria dificuldade do sujeito em conciliar seus desejos com os próprios afazeres diários. As exigências que a vida impõe o impedem cognitivamente de processar uma forma de fazer algo por si e, com isso, desenvolver um senso de autocuidado. Do contrário, seria fácil perceber o quanto este sujeito estaria sendo útil ao outro e a si e quais transformações estariam ocorrendo em sua vida a partir das relações.

 

Nesse período, o grau de desorganização dessa relação eu-outro faz com que sentimentos importantes como culpa, ressentimento, mágoa, raiva, basicamente emoções “quentes”, se tornem cada vez mais presentes no discurso do sujeito, principalmente porque não foram devidamente metabolizadas no sentido de se entender o porquê delas estarem assim tão presentes.

 

Por isso, é urgente e necessário aproveitarmos estes dias de dezembro para revitalizarmos psiquicamente não só o que foi vivido. É esperado que façamos por meio de uma revisão sadia e generosa (sem nos culparmos excessivamente) de nossos comportamentos e, sobretudo, de um novo olhar sobre o que virá. Afinal, nossa vida é feita de ciclos e, como diria Carlos Drummond de Andrade, “É dentro de nós que o ano novo cochila e espera, desde sempre”.

 

Prof. Dr. Rodrigo Otávio Fonseca

Psicólogo/Psicanalista - Ciclos Espaço Terapêutico

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Nosso Time

De segunda a sexta-feira das 8h às 20h.

De segunda a sexta-feira:

8h às 12h  /  13h às 20h.

CICLOS Espaço Terapêutico

R. Ciomara Amaral de Paula, 30  -  Pouso Alegre  -  MG 

CICLOS 2020  -   Site criado por Hellen Morais Jornalista e Webdesigner

(35)  99992-3280

(35)    3421-0491

Home  |  Quem Somos  |  Serviços  |  Onde Estamos  |  Contato